Menos de mim

Então, fiz tudo que meu amor poderia fazer.
Madre Teresa de Calcutá


Que o cansaço não me roube a coragem de mais uma vez e de novo tentar. Que o silêncio que suplica fale sempre mais alto que o egoísmo que insiste em criar espaço e ser o dono do pedaço. E o amanhecer seja tão belo quanto o poente, mesmo quando for inverno na minha alma. E meus braços nunca apartem, do contrário, só alarguem. Que cada página virada aconteça por que não comporta tanta  felicidade e por isso gentilmente convidou a página seguinte para participar da sua alegria. E eu me comova mais vezes com a beleza dos gestos simples e me esqueça com naturalidade das indelicadezas. Que a fonte da minha inspiração sempre sejam os corações fortes que não desistem de lutar. Mas se eles desistirem, que eu possa carregá-los nos ombros. E que nunca, nunca os deixe no meio do caminho. Que as persianas do coração se abram para vislumbrar a fantástica chegada da primavera. E que eu seja desapegada com as folhas que já secas ficaram no chão. Que minha face enrusbeça de contentamento pelo sorriso inesperado e que sobretudo possa o sorriso ser retribuído com um ramalhete de amabilidades. Que eu me esqueça das minhas dores por saber e sentir com aquele que sofre mais do que eu. E que assim eu me lembre que ainda tenho incontáveis motivos para ser feliz. Que ser menos de mim me torne melhor para o outro. E então eu possa reconhecer nele o melhor de mim.

Lice



Anúncios

6 comentários sobre “Menos de mim

  1. A dias não passava por aqui…tanta coisa bela ^^
    Alguns texto que dão leveza pra alma…

    Vim desejar uma semana repleta de sorrisos e muita luz*

    Um beijo!

  2. Lice, que lindo…
    esse post talvez mostre um pouco de vc… uma generosidade…
    uma alma grandiosa…
    (vou parar pra vc nao dizer q eu sou puxa-saco!)

    Mas o fato é que é um post super pra cima! Esperançoso… bonito… gentil…
    tudo de mais bonito, e que faz parte de vc…
    e que deveria ser parte da humanidade!

    AMO.

  3. Demorei, mas não podia deixar de comentar..
    Que post mais lindo Lice…PERFEITO!
    Quanta sensibilidade…quanta inspiração…e a mim, quanto orgulho de “conhecer” e ainda ter a amizade de uma “escritora” de coração tão nobre.

    “Que a fonte da minha inspiração sempre sejam os corações fortes que não desistem de lutar. Mas se eles desistirem, que eu possa carregá-los nos ombros. “

    AMO VC! 😉

  4. Preciso fazer uso de meus conhecimentos de crítica literária?…
    Não, meu coração silencia e transborda diante de tanta delicadeza.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s