Como dizem que o ano só começa após o carnaval, aqui no Giz Colorido não é diferente, em 2012 aguardem super novidades bem coloridas e especiais!

Tudo que podemos adiantar é q nosso cantinho mais que colorido será um cantinho partilhado por todos ainda mais…

Aguardem…

Giz Colorido

Era uma vez uma menina que caminhava na floresta, e ao perseguir um coelho atrasado, caiu num buraco!

A história dela no buraco foi fantástica, mas pense na preocupação das pessoas de fora do buraco. E pense na SAUDADE que as pessoas sentiram…

Essa é a história de Alice, que mora no Pais das Maravilhas, e anda meio sumidinha, perseguindo o coelho… e hoje é aniversário dela!

Uma sumidinha que nos faz falta demais!

Mas nao podemos esquecer de comemorar com ela no Giz, mais uma primavera…

não podemos deixar de reafirmar o quanto ela é especial e essencial para nossas vidas!

E juntamente com um abraço virtual gigante de Feliz Aniversário, desejamos muitas outras primaveras, muitas conquistas e TODA a felicidade do mundo!

Que sua caminhada seja plena de ventos bons e flores no caminho… 

Amamos você, Lice…

Sentimos sua falta, mas estamos SEMPRE comvocê!

Merece

Merece um post todo dela.

Merece um dia só para comemorar. 

Merece alegrias, conquistas, sonhos possíveis de realização e também merece alguns sonhos irrealizáveis mas que ao menos arranque suspiros.. haha

Merece demais conhecer o Godofredo, tomar um chá das cinco com ele, a Lebre Maluca, o Chapeleiro e a Alice. ( Seria fantástico, não? kkkk) 

Merece conhecer a Bahia, Fortaleza, Piauí… 

Merece uma vida cheia de pequenos prazeres como a Amelie. 

Merece alunos mais quietinhos que cansem menos a “Tia Lu” que é tãooo boazinha.

Mas se os alunos não melhorarem…

Merece um megafone para poder gritar bem alto, deixando eles caladinhos, apavorados. ( que as mães deles não leiam esse post!) 

Merece 26, 36,46, 56….. anos de muita vida bem vivida.

Merece fazer  doutorado nos Estados Unidos, mas  se prefere  a Europa, que seja por lá..rs

Merece uma vida inteirinha recheada de  doces, chocolates e os melhores vinhos..             

Merece mais que nossa humilde amizade…merece todo o nosso amor e carinho.

Merece um amor de verdade e pra vida todinha.




Giz

Um brinde!

 

Hoje o giz faz um post especial…. na verdade, um brinde especial!

Um brinde a uma pessoa linda, por dentro e por fora!

Um brinde a uma amiga fiel!

Um brinde à dona de um humor fantástico!

Um brinde a um coração transparente empanheira!

Um brinde a um mulher inteligente!

Um brinde a uma futura mãe maravilhosa!

Um brinde à uma quase idosa de 26 anos! (kkk)

Um brinde a uma super espiã demais!

Um brinde a uma princesa que ja encontrou seu verdadeiro príncipe!

Um brinde a um presente que a Comunidade do Pequeno Príncipe nos deu!

 

Um brinde a Beca, Bebeca…

Um brinde a Princesa Rebeca!

Agradecer

No último dia do ano nos resta agradecer.

Pelos momentos felizes, pela aprendizagem, pelos sonhos realizados.

Pelas amizades conquistadas, pelas outras eternamente responsáveis que se firmaram (como essa amizade enorme que criou o Giz!).

Não devemos reclamar dos sofrimentos, porque são aprendizagens na nossa vida.

Não devemos criticar como somos, devemos fazer novas escolhas… para o novo ano!

Desejar novos rumos, novas experiências, novos horizontes…

Desejar novas possibilidades e coragem para seguir com elas até o fim…

Desejar cada amanhecer de esperança de um mundo melhor…

Que cada um  realize todos os sonhos…

Que a palavra amor seja cultivada… não somente dita…

Que as pessoas se unam para o bem…

Desejar que haja PAZ!


Giz Colorido



sobre o fôlego

hoje o mar se esqueceu de sair
e nada de verdade
e nada de mentira
e nada tem só cara
e nada no lugar
e nada tem um jeito
e nada com os braços
hoje não tem abraços
e nada no lugar
hoje o mar se esqueceu de sair
e nada de errado
e nada de correto
e nada só de um lado
e nada no lugar
e nada vale tudo
e nada de perfeito
viver é este feito
com nada no lugar.
(scapin, 26/10/09)

Um selo, um chá entre amigos

Ganhamos um selo! E selo que é selo de verdade, precisa ser celebrado com uma  boa conversa num finalzinho de tarde com direito a chá bem quentinho..

Eu confesso que lembrei de imediato do chá do filme da Alice, embora aquele chá tenha sido um tanto confuso.. eheh.

Bem! Antes de irmos às partes que compõe o recebimento do selo, agradecemos todo o carinho do nosso querido Sá. Nossa amizade teve ínicio numa comunidade do orkut, que acredito já ter sido mencionada aqui: a comunidade do Pequeno Príncipe. E desde lá [ acredito que já faz mais de um ano] os vínculos cada vez se fortalecem  e estreitam mais. E como é gratificante para nós, receber de um poeta como o Sá uma homenagem tão singela e significativa. Obrigada mais uma vez!!

Ok!! Vamos aos passos:

1. Fazer referência a quem nos ofertou o selo:

Samuel Quintans

“Sempre tem algo acontecendo”

2. Qual tipo de chá que mais gosta

Chás suaves, de Erva Doce, de Maracujá…

3. Quantas colheres de açúcar costuma colocar?

Muito pouco, só pra nao falar que não está doce.

4. Indicar 6 blogs:

Nós, do Giz Colorido, esperamos que gostem do nosso chá e convidem mais amigos para apreciar…

Gestos concretos

O post de hoje traz uma motivação grande e um objetivo nobre. Entre os vários amigos que temos por esse Brasil afora, uma pernambucana em especial hoje merece destaque. É a fisioterapeuta Viviane Xavier de Recife, que nos propôs divulgar o projeto de uma de suas pacientes, a jovem Yoko Farias que devido a um acidente sofreu uma lesão na coluna que a deixou tetraplégica.

Viviane como fisioterapeuta de Yoko respondeu a algumas perguntas feitas pelo Giz para nos esclarecer e apontar os meios que podemos contribuir com o avanço do tratamento e conseqüente evolução do quadro da Yoko.

Giz: Como aconteceu o acidente da Yoko?

Viviane Xavier: Ela estava trabalhando como monitora de um pula-pula em camas elásticas em um shopping fazia menos de uma semana, uma colega de trabalho a chamou pra pular e em certo momento a Yoko sentou na cama e depois deitou. A sua colega se desequilibrou e caiu de joelhos atingindo o pescoço da Yoko, fraturando as vértebras C5 e C6 deixando-a sem movimentos da altura do peito para baixo.

Viviane e Yoko durante a fisioterapia

Giz: Como começou o Projeto “Eu quero ver a Yoko na China!” e como é desenvolvido?

Viviane Xavier: Esse projeto foi feito antes de eu conhecer a Yoko onde muitos amigos se uniram para arrecadar dinheiro para que a Yoko conseguisse ir à China fazer parte de um tratamento experimental com células tronco. Nessa primeira fase ela foi com mais dois acompanhantes onde ela se manteve por quase um mês e pagou o tratamento. O importante é a continuação desse projeto, pois está previsto pra daqui seis meses o retorno dela para novas aplicações.

Giz: E qual a função da fisioterapia dentro do tratamento da Yoko?

Viviane Xavier: Da nossa parte, o tratamento é feito com fisioterapia motora e neurológica tradicional. Trabalhamos muito a repetição de movimentos que para muitos é simples, como rolar numa cama, ficar de quatro apoios e/ou de joelhos, mas como a Yoko é impossibilitada de fazer esses movimentos, usamos a repetição para formar o que chamamos de “engramas”, é como se fosse criada uma memória no cérebro, mesmo que ela não consiga andar fazemos os movimentos como se estivesse andando,  mesmo sem conseguir pentear os cabelos imitamos o movimentos de pentear e todos os outros movimentos que ficaram deficientes depois do acidente.   É também feito um trabalho de fortalecimento dos abdominais que é muito importante para que ela consiga manter uma boa postura sentada e futuramente de pé.

Giz: Como profissional, quais expectativas em relação ao tratamento da Yoko?

Viviane Xavier: Como profissional tenho que pensar no possível, certo? Então o que eu pretendo é proporcionar uma melhor qualidade de vida a Yoko, tornando mais funcional o que ela tem hoje de movimento, porém como esse tratamento com células-tronco  que ela se propôs a fazer é muito novo e não há relatos sobre ele, a expectativa é sempre para que o melhor aconteça. E eu também  acredito que Deus nos colocou no caminho uma da outra e sou um mero instrumento, sempre tentando e aprendendo com a vida.

Pois é, o Giz espera que esse post possa mover corações e realidades. Afinal, de que vale um universo de boas intenções se elas não gerarem gestos concretos? Agradecemos a Viviane que com seu exemplo de solidariedade também nos impulsiona deixarmos de lado o comodismo e fazermos a nossa parte! Obrigada Vi!

Para maiores informações e doações acesse o site http://www.yokonachina.com.br/

Giz colorido


Cores randômicas

O post de hoje tem um brilho multicolorido todo especial. Um brilho que não é de modo algum invisível aos olhos. Muito pelo contrário, é tão irradiante e deslumbrante que à quilômetros de distância qualquer um que passe se sente circundado por uma luz que irradia do “tum tum tum” de uma linda moça que mora no B612, uma comunidade do orkut  chamada “O Pequeno Príncipe” onde todas nós quatro participamos.

A  Andréia Sartief, nossa queria “Déia” é que hoje nos dá o privilégio de ter aqui no Giz uma randômicas que ela postou na comu.

01. Hoje lembrei das cores.
02. Das cores que já vi.
03. Das cores que já vivi.

04. Das cores que ainda vejo.
05. Das cores que ainda vivo.
06. Das cores da esperança.
07. Das cores que vem da alegria.
08. Que hoje encanta o meu dia.

09. Do manto que nos cobre encontro o azul.
10. Laranja sol nascente.
11. Laranja sol poente.

12. Cores belas que aquecem o tumtumtum da gente.
13. Verde das matas extensas.
14. Com pontos multicolores.
15. Que mostram as flores exuberantes.
16. Que exala o perfume na alma da gen
te.
17. Brancas nuvens vem apresentando.
18. Fazendo criar figuras interessantes.
19. Nuvens cinzas vem formando.
20. Chamando raios e trovões estrondantes.

21. O preto parece tudo escurecer e assustar.
22. Mas com outros olhos também pode enxergar.
23. Noites que às vezes acalentam a dor.
24. Amarelo parecem estrelas.
25. Pisca pisca dos brilhos intensos.
26. Que mostra poesia dentro da gente.
27. Hoje lembrei das cores…
28. Cores que não saem da mente.
29. Com ou sem olhos elas vão sempre estar presentes.
30. Deus vem dando estas cores.
31. Que faz a gente sorrir.
33. Que faz a gente colorir.
34. Tudo que se passa na vida da gente.
35. Mesmo elas, às vezes parecerem opacas.
36. Um dia elas vem intensas.
37. Hoje lembrei das cores…
38. Cores que ainda vivo.
39. Cores que levo aqui dentro.
40. Luzes que dentro de mim elas apresentam.
41. Do vermelho tumtumtum pulsante.
42. Que aqui venho esquentar esta gente!

É lindo não é? Sábia Déia… que mesmo sendo privada de vislumbrar as cores da vida, já possui em sua alma uma vida de cores!  Obrigada mesmo!

Giz Colorido


Ízo

Prejuízo. E se mal me faz é por que então o bem me falta. Do vermelho que seduz mais que o verde. O proibido que dá vontade de avançar quebrando regras, reservas, porteiras e beiras.

Adrenalina ferve o sangue. E olha lá de novo o vermelho que esquenta, fomenta, alimenta. Impulsiona o azul do vento e lá eu vejo na pracinha o roxo dos Ipês. Que volta a se misturar com o verde que apazigua, tranqüiliza.

Deitada no banquinho, fico branca, fico nuvem. Nuvem de pensamento que me leva e enleva.

Me transporta ao irreal. Até que o tombo do juízo me desperta para tal. Tal qual é a vida. Tal quem sou. Sem prejuízo. E cheia de juízo.


Lice e Lu